La Factoria

Moda – Fashion – Saúde – Beleza

Mês: julho 2018

6 chaves para uma escova de dentes Whitemax sem bactérias

Você já ouviu falar de algum Clareador Dental Sem Triclosan? Pois bem, eu apresento a vocês o White Max. Falarei mais sobre ele no fim deste artigo.


OUTROS HÁBITOS QUE ELIMINAM BACTÉRIAS


Uma boa lavagem da escova não só permite acabar com as bactérias, também é essencial para eliminar todos os vestígios de pasta de dentes nele.


E por que isso é importante? Porque as pastas dentífricas costumam levar triclosán, um produto químico que é usado como conservante eque é “suspeito” de afetar a saúde.



  • Será que é perigoso? A União Europeia não permite adicionar mais de 0,3% nas pastas dentífricas porque suspeita-se que em excesso pode ser prejudicial tanto para a saúde como para o meio ambiente.


  • E se você estiver regulado… porque convém removê-lo da escova? De acordo com um estudo da Universidade de Massachusetts (estados unidos). UU.) o triclosán pode acumular-se nas cerdas das escovas de dentes, e isso pode chegar a multiplicar por 7 a nossa exposição a este químico.

Assim, pode afetar o triclosán


Ainda não há estudos conclusivos sobre os riscos da exposição continuada a esta substância, seu uso em produtos de higiene pessoal é questionado desde há anos.



  • E se altera hormônios? Alguns estudos têm sugerido que existe uma relação entre a exposição a este químico e as alterações endócrinas.


Relacionado com este artigo


VOCÊ SABIA?



E é que se suspeita que pode alterar a produção hormonal normal do organismo (isto é, que se trata de um disruptor endócrino).



  • Mais resistência bacteriana. O triclosán é um antibacteriano e estar continuamente exposto a qualquer tipo de substância antibiótica pode fazer com que algumas bactérias se tornem mais resistentes.O Comité Científico de Segurança dos Consumidores (CCSC) diz que não há provas de que isso possa ocorrer com este produto químico, mas também adverte que o contrário também não está demonstrado.

Relacionado com este artigo


BOCA SAUDÁVEL


Dicas para evitar que se acumule no escova


Além de lavar bem a escova após seu uso e alterá-los periodicamente (se você tiver as cerdas curvadas ou gastas é importante descarte) para evitar a acumulação de este químico nele…



  • Escolha dentifrícios sem triclosán. Algumas marcas comercializam pastas de dentes em que se substitui este conservante por vitamina B5 ou xilitol.

  • E se você usar, não exagere com a quantidade. Com um pouco de pasta de dentes do tamanho de um feijão pequena é suficiente (não é necessário cobrir todas as cerdas da escova) e será mais fácil remover os excessos.


  • Não abuses das massas contra a infecção. A maioria contêm triclosán, e embora seja verdade que eliminam as bactérias causadoras da doença nas gengivas, isso não significa que curar a doença (gengivite ou periodontite). Se as suas gengivas estão inflamadas, é melhor recorrer a um dentista.

Voce tambem pode optar por uma das escovas do Clareador Dental Whitemax, que alem de limpar seus dentes com delicadeza, te proporciona dentes mais fortes e brancos. É um clareador dental a base de Carvão, ultimo lançamento no Brasil. 


10 hábitos de casais (muito) satisfeitas | Sexo

Relacionamentos exigem dedicação, disso não há dúvida. Mas a ciência do amor, mostra que são os pequenos detalhes que podem melhorar a sua conexão.

E para demostrártelo, aqui tem dez hábitos de casais muito satisfeitas para que também vós o façais o bem. Lápis e papel que começamos:

1. Dormir bem juntitos. É que fazer a colher com o seu parceiro tem seus benefícios científicos. A Universidade de Hertfordshire descobriu que 94% dos casais que se tocam ou dormem bem coladas, sentem-se mais felizes em seu relacionamento. (Apenas 68% dos casais que dormem com uma boa separação por meio se sentia igual.)

2. O foco para o bem. Muitos casais que só falam o que vai mal na relação, enquanto que se demonstrou que destacar os aspectos positivos faz com que se sintam mais satisfeitos. Tendes um bom sexo? Eu comunicáis? Faça uma lista com as coisas que não funcionam e centraros em fortalecer esses pontos.

3. Dar valor aos pequenos gestos. Jóias caras, férias exóticas, elaboradísimas festas surpresa…Tudo isso está muito bem, mas os gestos mais românticos não são tão valiosos. Em contrapartida, os pequenos gestos são puro amor. Por exemplo, esperaros para ver o próximo capítulo juntos pelo simples fato de compartilhar esse momento, levar o café na cama, ou desfrutar de vossas hobbies juntos. Esses são os gestos importantes que cultivam uma relação, segundo um estudo da Open University.

4. Sexo uma vez por semana. Um estudo publicado na revista Social Psychological and Personality Science descobriu que fazer sexo uma vez por semana, leva a uma boa relação e que o sentimento é parecido com a alegria que se sente quando lhe entram extra na conta corrente. Dito isso, parabéns a todos os casais que têm sexo mais frequentemente, mas de acordo com o mesmo estudo, esse crédito extra não traz mais felicidade.

5. Não descuidam da paixão. Tomar banho, ir ao trabalho, fazer esporte, jantar, dormir e voltar a começar. A rotina é boa para mantê-lo ativos e fora de casa, mas não há mais apaixonada vossa relação. Por isso, é bom sair dela para manter o entusiasmo dentro e fora das roupas de cama. Ou seja, dar vazão à paixão com pequenas alterações. Por exemplo, ter uma incomum encontro, ir um dia juntos ao gym.

6. O benefício da dúvida. O compromisso implica acreditar que as intenções de seu parceiro são boas. Lembre-se disso quando você tiver uma discussão ou estejam irritados. Você vai se sentir melhor se você realmente acha que o casal sempre tenta mostrar suas melhores intenções.

7. Se duchan juntos. O Ahorráis água e consolidáis a relação!, o que mais se pode pedir? Um estudo publicado na revista Journal of Sex Research revelou que os homens e mulheres sexualmente satisfeitos eram mais propensos compartilhar a água.

8. Têm expectativas realistas. Colocar a fasquia alta, está bem. Mas ter expectativas impossíveis (por exemplo, fingir que ele saiba tudo o que passa por sua cabeça continuamente) vos pode afetar, de acordo com uma pesquisa publicada no Personality and Social Psychology. Em outras palavras, ajeita as coisas realistas e deixa que as impossíveis se vá.

9. Vida online. Um estudo publicado na revista Cyberpsychology , apontou que os usuários ávidos de Facebook experimentam frequentemente piores resultados em suas relações. Além disso, uma pesquisa de OkCupid revelou que os usuários frequentes do Twitter têm relacionamentos mais curtos. Não há nada de errado em desfrutar das redes sociais, mas certifique-se de que também há comunicação entre vós. E a real.

10. Dizem coisas bonitas. Muitos casais cometem o erro de esperar que as datas comemorativas como aniversários, viagens para expressar seus sentimentos. Mas fazer com que seu parceiro se sinta especial (regular) cria uma relação mais feliz e estável no tempo.

10 fobias tecnológicas que há que conhecer | Vida

Se você está no escritório e você tem o móvel ao lado do teclado; se você que tem um olho na calçada e o outro na tela ou se cada vez que ficar com as suas amigas não te despegas do móvel, está super contratada! E como você, muitas pessoas que sofrem de uma total dependência da tecnologia.

MAIS: Por que não soltamos o móvel?

As redes sociais, mensagens instantâneas ou selfies mais do que conectar nos isolam do mundo. Mas alguns mais do que outros. Por isso, hoje queremos desmascarar as 10 fobias tecnológicas mais comuns que recolheu Energy Sistem. E se você se sente espelho, o nosso conselho é que você faça algo por desligar-se do mundo online que você tem de tão absorvida e vivas de verdade. Aquele em que o contato físico real e conversas sem emoticons. O preparado?

1. Nomofobia: como É que você pode sair sem as chaves, sem vaidade ou sem um livro de bolso, mas você é incapaz de deixar o celular em casa? Pois já sabe como se chama o seu problema. De fato, é a mais comum, esta sociedade tão ultraconectada. O medo (irracional) a não poder consultar o nosso smartphone porque nos esquecemos ou está a ficar sem bateria e acreditar que estamos perdendo tudo o que acontece ao nosso redor, quando é exatamente o contrário!

2. Whatsappitis: Nada mais e nada menos do que a hiperdependencia da aplicação durante todo o dia. Mesmo quando sabemos que não há nenhuma notificação e de forma inconsciente entramos no app.

3. Selfitis:A Associação Americana de Psiquiatria tem reconhecido que a adição às autofotos é um transtorno mental. Mas, você sabe o que se esconde por trás de todas aquelas fotos que se levantam constantemente as redes sociais em busca de likes? Pois, basicamente, falta de auto-estima e a necessidade de preencher um vazio na intimidade. Tomamos nota.

4. Selfiefobia: Mas nem todo mundo gosta de colocar e tirar fotos a qualquer momento. De fato, há quem tem medo de ser selfies e sempre acaba se afastando da foto. Não se vê fotogênico ou acredita que é algo tão superficial que prefere vê-lo a partir da barreira.

5. Phubbing: A nós não nos parecia muito o nome, mas o fazemos (e sofremos) constantemente. E é que o phubbing são todos aqueles momentos em que ignorar a sua família ou grupo de amigos (ou eles te ignoram a você por estar atendendo o celular. Vá, que não despegas os olhos da tela, mesmo quando foste tu a que foi proposto pelo Whatsapp fazer uma birra com as meninas. Mau. Muito mal.

6. Editiovultafobia:você acha que a vida de seus amigos no Facebook sempre é melhor e mais bela do que a sua? Não se iluda! Ninguém sobe fotos enquanto se discute ou chora…Mas embora seja uma obviedade, há pessoas que têm medo de saber da vida dos outros através da rede social e compará-la com a sua. E isso se chama editiovultafobia.

MAIS: você deixaria alguém com suas redes sociais em herança?

7. Vibranxiety: Se há pessoas que ouvem vozes, há outras que têm a sensação de ter notado vibrar, ou até mesmo ter acreditado ouvir o telefone , apesar de que não lhes chegou, nada.

8. Retterofobia: São esse tipo de pessoas que merecem uma cadeira na Real Academia Espanhola (RAE), porque são incapazes de cometer uma falta ortográfica. Vamos lá, se você não se perder um til mal colocada, uma h mal intercalada ou uma conjugação verbal dessas que fazem chorar, sofrer retterofobia. Ou seja, você tem medo de escrever errado de uma mensagem sms ou de whatssapp e rever o conteúdo de uma e outra vez antes de dar a enviar. E a verdade, isso é muito bom! Há que se ter cuidado com a ortografia. Mas vá, que se um dia você esquecer unacento não sofras, que a mensagem entende-se igual. E isso é o que importa.

9. Telefonofobia: Se cada vez que o telefone toca você olhar atentamente e você é incapaz de atender a chamada com naturalidade, seja ele quem for, você tem um problema. O som ou vibração se intimida e acaba causando um transtorno de ansiedade social, já que está relacionado com o medo de ser criticado ou parecer bobo.

10. Cibercondría: Quando o móvel torna-se o seu médico online. Consultas todos os sintomas e doenças sem contar com os profissionais. Da próxima vez que pesquisar os sintomas de qualquer coisa, lembre-se que sua saúde merece estar nas mãos dos especialistas.

E agora que já conhece as 10 fobias tecnológicas do momento, você se sentiu identificada com (mais) um? Se é assim, basta pensar em uma coisa: que a vida é o que acontece lá fora enquanto estão olhando a tela do celular ou do computador.

Perfect Caps Ajuda a Emagrecer Abta

O mandril no sofá, com uma bolsa de água quente e lamentándote de (quase) tudo? Não é uma febre, é a menstruação? Se é o seu caso, um momento!, ficar parada pela dor de regra é um erro: o melhor remédio é mover o esqueleto.


Quer saber o que tem que ver? Bom, o exercício alivia as cólicas e inchaço que você tem durante os dias de menstruação, para não mencionar o mau humor que nos trazemos algumas de nós (já disse, algumas).


Por que dói quando eu tenho a regra? Nós explicamos. O revestimento interno do útero libera prostaglandinas que causam cólicas, provocando assim a contração dos músculos uterinos, que duplica a dor. E o exercício que faz isso?


Muito fácil! Ao fazer exercício aumenta o fluxo de sangue e os níveis de endorfinas, que são analgésicos naturais do corpo e dos reforços do estado de ânimo. Por isso indico o Perfect Caps!


E se, além disso, você é propenso ao inchaço ou prisão de ventre, o exercício é duplamente útil porque alivia a pressão abdominal. Você apenas tem que certificar-se de beber bastante água: ao fim e ao cabo, quando temos a regra perdemos mais líquido. E se sudamos, ainda mais! Assim, embora pense em ficar em casa e não quiser mover nem um dedo, ir ao ginásio nos dias de hoje é mais gratificante do que você imagina.


Se você acha que você é a única que quer ficar em casa quando tem a menstruação, aqui há 10 ideias que todos nós temos durante estes dias… qual você se identifica?



  1. “O que diabos eu começo?” Teste com uma calça preta e uma camisa folgada. O conforto acima de tudo!

  2. “Eu tenho uma mancha?” Será que Cada vez que alguém olha para a bunda no ginásio acha que tem uma mancha vermelha nele? Se você achar que é verdade, dá-lhe as graças, por avisar!

  3. “Propaganda de absorventes, o Arg!” Como é possível que, nos anúncios, sempre tem uma boa cara e bom humor as meninas que têm a regra? Nem o caso, todas nos dói e afeta o humor. Mas ei, sorrir, te sinto!

  4. “O Yoga ou yoga não?” O estiramento sinta fenomenal, sim, mas há momentos para tudo. E, talvez, este não é o melhor para esticar o corpo com o cu na bomba ou outros movimentos semelhantes. Se você não ver claro, experimente com outro exercício!

  5. “E se eu caio na faixa de correr?” Se você tem cólicas da menstruação, pode passar, não se preocupe!

  6. “Pijama, cobertor, sorvete. Pijama, cobertor, sorvete…” acreditem em nós-você, na verdade você não precisa de nada de tudo isso.

  7. “Por que não posso comprar meus compressas em todas as partes?” Deveriam vender estes dispositivos de emergência em qualquer loja, bem como para os vestiários do ginásio!

  8. “O homens? Fora!” É normal que te negues a fazer fila para a máquina de correr. Especialmente se essa pessoa não tem ovários como você.

  9. “A piscina, um lugar inseguro”. Por muito bom que seja o reservatório, não se fías do todo.

  10. “O mês que vem outra vez”. É lógico que você se sinta muito melhor quando não tem regra, mas nada vai mudar a voltar a ter o próximo mês, assim que evita lembrados e tómatelo como algo natural.

  11. Gostaria de aumentar a potencia do seu treino com um emagrecedor Natural? Então vai de Perfect Caps!

Parceiro: Colastrina & Outro Parceiro: Perfect Caps